Modulação em FM

MODULAÇÃO EM FM:

 

Modulação é variar uma característica de um sinal de alta frequência, denominado portadora de modo que ele transporte uma informação. É o processo no qual a informação a transmitir numa comunicação é adicionada a ondas eletromagnéticas. O transmissor adiciona a informação numa onda básica de tal forma que poderá ser recuperada na outra parte através de um processo reverso chamado demodulação.

As emissoras de FM possuem um espectro de frequência que vai de 88.5 a 108 Mhz com um desvio na portadora de onda de ± 75 kHz. Conhecido como FM de banda larga.

 

Agora que já foi explicado o que é modulação, vamos falar da modulação nas emissoras de FM.

 

O padrão de transmissão de rádio FM exige o uso de um filtro de pré-ênfase de áudio antes da modulação da frequência, para aumentar a robustez contra a coloração de ruído inerente à recepção de FM, o padrão também coloca uma restrição no desvio máximo da frequência que pode ser transmitido por um sinal na transmissão de FM para limitar a largura de banda ocupada pelo sinal.

Quando a modulação é maior que o sinal da portadora, a frequência muda a tal ponto que vai

Interferir em outras frequências de FM; isso chama de Sobre Modulação.

 

 

Qual a Modulação Correta:

 

A FCC entidade Norte Americana equivalente a Anatel no Brasil, estabeleceu níveis de modulação padrão para as emissoras de FM nos Estados Unidos e seguida por muitos países. As emissoras de FM não devem exceder os 100% de modulação. No Brasil a grande maioria das emissoras de rádios não respeitam esta norma!

 

Nota Anatel: O nível de modulação da onda portadora, em qualquer condição de funcionamento da emissora, deve ser tal que os picos de modulação cuja repetição é frequente (acima de 15 por minuto), em nenhum caso, tenham valores percentuais maiores que 100%.

 

Gostaria de esclarecer um mito! RDS não produz sobre modulação.

O RDS = Radio Data System transporta dados a 1.187,5 bits por segundo em uma portadora de 57 KHz. Sua alocação é feita pela diferença estéreo que se estende até 38 kHz + 15 kHz = 53 kHz, deixando 4 kHz para a banda lateral inferior do sinal de RDS. É ajustado para a terceira harmônica do tom piloto estéreo de 19 KHz, isto permite que minimize a interferência e a intermodulação entre o sinal de dados.

 

 

 

Nota Importante:

O nível do sinal RDS na entrada do transmissor FM deve ser o menor possível, mas o RDS deve ser exibido corretamente em um receptor. Se você não tiver nenhum instrumento de medição especial, compare-o com estações de rádio comerciais. O nível certo deve estar entre 3 e 11% do sinal de áudio, medido em valores pico a pico. O valor recomendado é de cerca de 6%, o que resulta em um desvio de 4 kHz da portadora de FM. Não se esqueça de que o desvio máximo de portadora de FM com RDS e sinal de áudio é de 75 kHz.

 

 

Processamento de Áudio FM X Modulação:

 

Processamento de áudio normalmente inclui controle de picos para evitar excesso de modulação. A intensidade máxima de modulação só é obtida se os picos forem controlados com muita precisão. É preciso ter muito cuidado no ajuste da modulação em FM, hoje com o uso do RDS pelas emissoras de rádio FM se torna necessário um monitor de modulação de boa qualidade que também realize as medidas de RDS para evitar distorção no ar.

 

Se você tem dúvida ou alguma pergunta que gostaria de fazer escreva-nos será um prazer responder!

 

Artigo escrito por: Jorge Faria

Consultor de Broadcast da Audiotx e Stereotool FM

www.stereotool.com.br

www.audiotx.com.br

 

 

Contato 

Audiotx 

Rua Porto Alegre, 263 Cabo Frio, RJ

Telefone: (22) 2648 - 9818 
Celular: (22) 99885 - 6062 (Vivo)

Celular: (22) 98102 - 7853 (Tim)

© Copyright Stereo Tool  2016.  Stereo Tool  Exclusivo