Harmônicos na Rede Elétrica

Este é um dos problemas importantes da energia elétrica no Brasil.

A proliferação dos harmônicos na rede elétrica. E um assunto que gera grandes discussões nos meios da engenharia e também mostra um certo desconhecimento no meio. Exemplo, a grande interferência que os harmônicos pode provocar nos estúdios de rádio e em equipamentos de áudio e no meio elétrico.

 

A energia elétrica tem qualidade e possui fatores que tem muita influência na qualidade do som, pois os harmônicos existentes na rede elétrica traz muitos problemas, sendo um deles Intermodulação e distorções.

Os harmônicos na rede elétrica, devem ser minimizados, pois vem crescendo e se evidencia em vários outros campos além do áudio, como, por exemplo no campo da medicina, no uso dos aparelhos eletrônicos de precisão, que sofrem interferências nos seus processamentos eletro-eletrônicos internos devido aos harmônicos da rede elétrica.

Quando afirmamos que a e energia elétrica são os dois fatores, nesta ordem, que tem maior influência na qualidade do som, estamos nos referindo, na parte da energia elétrica, aos harmônicos existentes na rede como sendo os que trazem os maiores problemas.

Iremos ainda escrever em um outro artigo sobre o espectro harmônico e o porquê das fontes de alimentação não conseguirem – ou conseguirem apenas parcialmente – eliminar esses harmônicos e transientes, os quais terminam chegando aos circuitos eletrônicos dos equipamentos, acrescentando intermodulações e distorções.

Artigo escrito por: Jorge Faria  

Data:12/04/2022

Consultor de Broadcast da Audiotx e Stereotool FM

www.stereotool.com.br

www.audiotx.com.br