Rádio FM
Monitores de Áudio (caixa acústica) para estúdio do ar
como escolher a sua

Um sistema de monitoramento (caixas acústicas) para o estúdio do ar deve ser eficiente e não possuir coloração e ter dimensões reduzidas. Lembrando que potência não é o mais importante.

Esclarecendo um pouco os conceitos:

A audição humana apresenta um fenômeno chamado mascaramento auditivo, que é a diminuição da percepção do som pela introdução de ruídos. Por isso é muito importante que os monitores (caixas acústicas) tenham uma boa resposta de frequências! De preferência o mais Flat (plana) possível. Os monitores são construídos em condições anecoicas e sua resposta de frequência vai mudar quando colocados em estúdio do ar! Isso acontece devido a forma que o som irá refletir (rebater) no ambiente em particular principalmente em relação a posição dos microfones para não haver realimentação. Como normalmente os estúdios do ar nas emissoras de rádio não são muito grandes, orientamos usar microfones dinâmicos de boa qualidade e evitar os condensadores que são muito sensíveis e irão com certeza captar o som refletido produzindo um vazamento de áudio no ar.

Pontos importantes na escolha:

 

Os monitores de áudios irão revelar não só o que é bom, mas também o que é ruim ou está ruim, e que precisa ser corrigido. Hoje existe monitores de áudio de excelente qualidade. Os monitores ativos são uma prova disto, possuem amplificação própria excelente qualidade e bom custo benefício.

 

Falo isso porque as caixas de som tipo consumer que muitas rádios usam, não possuem referência e a grande maioria possui um som exagerado com graves e agudos acentuados para que tenha mais presença!

Isso normalmente cria uma sensação mais empolgante para se ouvir, mas no estúdio a realidade é diferente, não podemos esquecer que em rádio o som tem que ser bom para todos. Os ouvintes é que irão julgar o som da radio no ar, e isso começa com a qualidade do som ouvido no estúdio.

 

Dicas importantes:

 

1- A escolha dos monitores de áudio para estúdio deve ser um item analisado com importância pois o objetivo não é somente produzir som agradável, mas sim reproduzir um som com fidelidade sem coloração para que não se faça ajustes errados

 

2- Evite pendurar os monitores na parede do estúdio. Isto produz uma maior resposta nos graves interferindo nos ajustes que podem ser feitos.

 

3- O ideal sempre é posicionar os monitores (caixas) simetricamente, ou seja, equidistante das paredes lado direito e esquerdo da posição para ouvir, como mostra a figura abaixo.

4- Ajuste o ângulo, posicionando os monitores muito próximos ou muito distantes pode atrapalhar a imagem do estéreo. O ângulo ideal é de 60 graus entre as caixas.

5- Tente evitar as reflexões que são produzidas por moveis muito próximos ou paredes muito lisas sem um tratamento acústico. Embora não se consiga evitar completamente todos os reflexos sonoros em um estúdio, pode se minimizar evitando colocar elementos refletivos na altura dos monitores e do locutor. Se posicionar os monitores no nível do ouvido, pode se evitar que muitos sons sejam refletidos no console, criando um ambiente um monitoramento mais limpo livre de muitos reflexos indesejáveis.

6- Evite ouvir os monitores com o nível muito alto. A "fadiga do ouvido" será aparecerá muito mais cedo em níveis altos. Nossos ouvidos são mais sensíveis as altas frequências em níveis de som alto do que os sons graves; ou seja: Iremos ouvir menos agudos e mais graves quando o volume do som for exagerado. O ideal é trabalhar com um nível médio consistente em torno de 83-85dB de SPL. Para medir use os muitos aplicativos de medição que existem hoje e podem ser instalados nos Smartphones.

7- Para finalizar mais uma sugestão. Se você achar que precisa de mais grave no seu sistema de monitoração, pode adicionar um subwoofer. Porém, tome cuidado para não exagerar e manter um som equilibrado. O sub não deve ser usado para "aumentar os graves" - em vez disso, deve ser empregado para estender os graves, ou seja, as frequências mais baixas, abaixo do que os monitores principais podem oferecer, normalmente, isso significa que o sub fornecerá frequências abaixo de 80 Hz, adicionando uma oitava à resposta de frequência dos monitores menores.

Se você tem dúvida ou alguma pergunta que gostaria de fazer escreva-nos será um prazer responder!

 

Artigo escrito por: Jorge Faria

Consultor de Broadcast da Audiotx e Stereotool FM

www.stereotool.com.br

www.audiotx.com.br

 

 

Contato 

Audiotx 

Rua Porto Alegre, 263 Cabo Frio, RJ

Telefone: (22) 2648 - 9818 
Celular: (22) 99885 - 6062 (Vivo)

Celular: (22) 98102 - 7853 (Tim)

© Copyright Stereo Tool  2016.  Stereo Tool  Exclusivo